Blind Guardian – Nightfall in Middle-Earth (1998)

null

  1. War of Wrath – 1:50
  2. Into the Storm – 4:24
  3. Lammoth – 0:28
  4. Nightfall – 5:34
  5. The Minstrel – 0:32
  6. The Curse of Fëanor – 5:41
  7. Captured – 0:26
  8. Blood Tears – 5:23
  9. Mirror Mirror – 5:07
  10. Face the Truth – 0:24
  11. Noldor (Dead Winter Reigns) – 6:51
  12. Battle of Sudden Flame – 0:44
  13. Time Stands Still (At the Iron Hill) – 4:53
  14. The Dark Elf – 0:23
  15. Thorn – 6:18
  16. The Eldar – 3:39
  17. Nom the Wise – 0:33
  18. When Sorrow Sang – 4:25
  19. Out on the Water – 0:44
  20. The Steadfast – 0:21
  21. A Dark Passage – 6:01
  22. Final Chapter (Thus Ends…) – 0:48
Faixas Bônus
  1. Nightfall (Orchestral Version)
  2. A Dark Passage (Orchestral Version)

Blind Guardian é uma banda de power metal formada em meados da década de 1980 em Krefeld, na Alemanha. Apesar de sua origem, as músicas da banda são em inglês.

Antes de adotarem o nome Blind Guardian, os músicos da formação original lançaram duas demos com o nome Lucifer’s Heritage, em 1985 e 1986. Os membros da banda são: Hansi Kürsch como vocalista, André Olbrich e Marcus Siepen são os guitarristas e na bateria Frederik Ehmke. A banda geralmente busca inspiração para suas músicas na cultura medieval, nas mitologias nórdica e grega e nas obras de J. R. R. Tolkien.

O álbum é um trabalho conceptual e todos os temas falam sobre o livro “O Silmarillion” de J.R.R. Tolkien.

  • “War of Wrath”, fala sobre o conselho de Sauron a seu mestre Morgoth de fugir dos triunfantes

Valar na Guerra da Ira. Morgoth envia-o para longe e reflete sobre os acontecimentos que levaram à sua derrota.

  • “Into The Storm”, fala sobre Morgoth e Ungoliant, que fogem de Valinor depois de terem destruído

as Duas Árvores e sua luta pela posse das Silmarils.

  • “Lammoth”, é o grito de Morgoth com os qual ele foge de Ungoliant.
  • Em “Nightfall”, Fëanor e seus sete filhos lamentam a destruição forjada por Morgoth e juram

vingança para chegar a ele, apesar da proibição dos Valar.

  • “The Ministrel” é sobre Maglor, filho de Fëanor.
  • Em “The Curse of Fëanor”, Fëanor exprime a sua indignação e raiva e admite que cometeu erros,

especialmente o Fratícido, na perseguição de Morgoth.

  • Em “Captured”, aborda o cativeiro de Maedhros filho de Fëanor por Morgoth, em Thangorodrim.
  • Em “Blood Tears”, Maedhros relaciona os horrores do seu cativeiro e seu salvamento por Fingon.
  • “Mirror Mirror” conta como Turgon, tendo em conta a inevitável derrota, constrói a cidade de

Gondolin, auxiliado por Ulmo.

  • “Face the Truth” fala sobre Fingolfin e o destino dos Noldor.
  • “Noldor (Dead Winter Reigns)” fala sobre Fingolfin na gélida passagem de Helcaraxë, reflecte sobre

o seu próprio povo e da sua culpa e prefigura a sua derrota final.

  • “Battle of Sudden Flame” fala sobre a batalha em que Morgoth rompe o cerco de Angband usando seus

Balrogs e dragões.

  • “Time Stands Still (At the Iron Hill)” fala sobre o épico confronto entre Fingolfin, rei supremo

dos Noldor, e Morgoth, senhor do escuro, as portas de Angband. Fingolfin o fere sete vezes, porém sucumbe ao seu extremo poder.

  • “The Dark Elf” A Eöl que seduziu a irmã de Turgon a qual deu a luz a Maeglin, que acabaria por

trair Gondolin.

  • Em “Thorn”, Maeglin reflete sobre a sua situação e decidi trair Gondolin ajudando Morgoth.
  • “The Eldars” é a despedida do rei élfico Finrod ao seu povo, morrendo de ferimentos recebidos

para salvar seu amigo Beren de um lobisomem Carcharoth.

  • Em “Nom the Wise” Beren chora por seu amigo Finrod. Nóm significa “sábio” e era o nome dado a ele

pelo antepassado de Beren, Beör.

  • Em “When Sorrow Sang” Beren canta sobre o seu amor à princesa élfica Lúthien em sua morte nos

dentes do lobo Carcharoth de Morgoth.

  • “Out of the Water” Fala sobre último local de habitação-Beren e Lúthien.
  • Em “The Steadfast”, Morgoth amaldiçoa seu cativo Húrin que se recusou a revelar o segredo de

Gondolin.

  • “The Dark Passage” Morgoth pondera o seu quinto triunfo em batalha. A canção também relaciona as

origens da carnais dos homens e Morgoth a Húrin na maldição de ser testemunha do trágico destino de seu filho.

  • “Final Chapter(…)” conclui Assim termina o álbum, fala da vitória de Morgoth, mas também da

esperança de um novo dia.

  • A arte de capa do álbum apresenta Lúthien dançando perante de Morgoth, a partir da História de

Beren e Luthien.

Anúncios

~ por Tiago Moreira em 03/06/2009.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: