Opeth – Damnation

null

  1. Windowpane (7:44)
  2. In My Time of Need (5:50)
  3. Death Whispered a Lullaby (5:50)
  4. Closure (5:16)
  5. Hope Leaves (4:30)
  6. To Rid The Disease (6:21)
  7. Ending Credits (3:39)
  8. Weakness (4:09)

Opeth é uma banda, formada em 1990, de death metal e metal progressivo originária da Suécia, formada em 1990. Os trabalhos da banda se caracterizam pelo contraste que surge entre os elementos mais leves de violão, canto e jazz, combinados à agressividade do death metal. Além das peculiaridades que tornam a sonoridade da banda algo singular, os temas por ela abordados se focam em aspectos sombrios da subjectividade humana, tais como angústia, medo, remorso e outras formas de sofrimento presentes em géneros musicais mais sentimentalistas e melancólicos como o doom metal e outras ramificações da música gótica, fato que gera controvérsia sobre a real natureza da banda. Suas canções são fortemente marcadas por elementos oníricos que, somados a uma atmosfera inebriante e envolvente, transmitem a nebulosa sensação de devaneio. Seu vocalista e principal guitarrista é Mikael Åkerfeldt, que alterna constantemente entre o vocal gutural e o vocal limpo.

O nome Opeth é uma referência ao livro “Sunbird”, de Wilbur Smith. A banda vêm fazendo parcerias recentemente com o aclamado artista Steven Wilson, inclusive na produção e execução de seus últimos álbuns.

Damnation é o sétimo álbum de estúdio da banda sueca Opeth. Foi lançado em Abril de 2003 e gravado juntamente com o sexto álbum da banda Deliverance.Damnation ao contrário dos demais álbuns, não conta com vocal gutural,bateria com uso da técnica Blast Beat ou Metranca ou mesmo guitarras pesadas em nenhuma das 8 faixas presentes(são apresentadas apenas leves distorções de guitarra em algumas faixas) tornado o álbum repleto de baladas e belas canções em clima melódico.

Anúncios

~ por Tiago Moreira em 25/03/2009.

2 Respostas to “Opeth – Damnation”

  1. Grande álbum. Segui a recomendação e gostei!

  2. EXCELENTE álbum.

    E este álbum não é bem metal, considero mais rock. A voz do gajo é muito melhor assim, quando ele não “grega”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: